21/11/2008

"Sem título"

De repente , me vejo chorando .
O que eu sentia ,
desejei que se estingüisse de mim .
Me arrependi de tudo o que disse ,
tudo o que eu pensei .

Meu medo agora é que a culpa tenha sido minha ,
eu não quero ser mais aquela boba
que se apaixonou por você .

Agora , mais do que nunca ,
quero mudar meu jeito .
Quem sabe assim eu consiga compreender tudo ;
Arrancar isso que sinto no peito .

Dormir e sonhar com quem se ama ,
com a janela aberta , só pra sentir cum arrepio ,
e uma esperança idiota ,
de que a cama voe .

De repente , me vejo chorando .
Enxugo as lágrimas .
Pulo da janela ,
e tudo acaba .
Faça o seu comentario!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

© 2014 Conspiração Vital - Todos os Direitos Reservados | Design por Ceres Bifano, Diagramação por  Matheus Pacheco.