27/06/2009

Satisfação

Eu simplesmente fiz o que achava melhor pra mim.
Você pensava que estava de olhos fechados,
mas na verdade, quem estava era eu.
Eu simplesmente abandonei minha vida, para viver a nossa
e vi que era um erro.
A partir desses dias, minha cara, eu quero pensar em mim,
não em nós.
Eu vi que deixar tudo e todos pra ser quem você quer que eu seja não era o melhor pra mim.
Desculpa se eu te poupei explicações,
eu não quero e não vou jogar palavras fora.
Resolvi pensar em mim, fazer por mim.
Quero viver a MINHA vida,
respirar o MEU ar,
ter os MEUS sonhos,
ter o MEU brilho própio,
ter a MINHA música favorita,
ter os MEUS amigos,
ser quem eu sempre quis ser.
Tudo muito diferente desde quando você entro na minha vida.
Não que eu nunca gostasse de você, mas na única vez na minha vida toda, eu consegui pensar com a cabeça, não com o coração.
Saiba que eu não estou mais vulnerável, estou carente.
Não de uma amizade, mas de um amor.
Não quero mais possessão, quero liberdade.
Não quero mais isso pra mim.
Não quero explicações suas, não quero nada.
Só quero que continue do jeito que está.
E foi bom enquanto durou, bom pra você .
Faça o seu comentario!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

© 2014 Conspiração Vital - Todos os Direitos Reservados | Design por Ceres Bifano, Diagramação por  Matheus Pacheco.