02/06/2009

um dia (quase) feliz ...

Eu acordei como em qualquer dia, a diferença que depois da aula eu fui com umas amigas pro shopping, ver Divã, foi muito legal! Eu conheci um povo estranho, comi o Cheddar McMelt que podre, juro. Depois dessa só tomo milk shake, como batata frita (se meu aparelho permitir; sim, eu pus aparelho, ou melhor pelo menos parte dele), e qualquer coisa que eu tenha certeza que não foi totalmente "fabricada" pelo "dono" do McDonald's.
Juro, velho, não tinha gosto, era muito macio e a carne conseguiu ficar crua. A CARNE CONSEGUIU FICAR CRUA, JURO. Muito ruim, de agr em diante não passo da batata (Y)'
E eu admito que o sorvete é ótimo, e o milk shake e a batata idem, não me matem por (quase) odiar McDonald's.
Também, outra coisa que foi legal foi um amigo do amigo do Anime Festival da Ana que é gato, muito gato, sério. Pelo menos eu sei o nome dele, e é Felipe. Talvez seja Felipi, ou Phelipe, mas isso não vem ao caso.
Depois do cimena, que por falar nisso é uma coisa que eu devia fazer muitas vezes (com a Ana, a Clara, a Sarah e talvez, a Letícia), eu fui pro dentista.
Foi, de uma certa forma divertido, não muito porque eu pensei que ia me livrar das borrachinhas verdes, mas NÃÃÃAO, a dentista SÓ PÔS umas pecinhas nos meus dentes da frente E as borrachinhas. E eu que prometi pro Pedro ano passado que quando eu colocasse meu aparelho, que eu ia pôr verde, porque ele gosta.
Mas na hora, não sei porquê, eu pus ROSA. Juro, cor-de-rosa, a cor menos provável pra mim, mas eu supero, eu acho.
E eu tava conversando com a dentista enquanto ela atendia meu irmão que, em falar nisso pôs aparelho laranja, que eu tava querendo pôr o piercing no nariz.
E NÃO É QUE A MULHER SE OFERECEU PRA FURAR ?
A MINHA DENTISTA, D-E-N-T-I-S-T-A, se ofereceu pra furar, meu Deus, a mulher é multi-uso , HAHA (:
pelo menos ela falou na frente da minha mãe, ai a consiência fica menos pesada, é .
mas ai, eu cheguei em casa e deu um ataque de mudança de humor repentina em todo mundo, eu comecei a gritar com meus irmãos, aí os dois se pegaram de porrada no meio da sala, e a minha mãe disse que quer sair de casa e não voltar, resumidamente, porque ela falou umas boas horas.
mas então, eu to cansada depois de tudo isso, vocês devem imaginar, incluindo o fato do frango com quiabo agora no jantar e eu sem poder morder o osso, olha que horror!
eu vou sofrer, há se vou, viu ?
mas ainda fica a escola na minha cabeça, porque minhas notas estão um ... CU!
aah, eu preciso de ir dormir, parece que meu dia foi multiplicado váárias vezes, e olha que legal, a matéria de matemática tá fácil, e mesmo com meu dia multiplicado por 102983294739857 vezes, eu ainda não consegui fazer tudo o que eu queria.
nem que eu morra, ou desmaie, pra ser menos exagerada eu acho que eu consigo, sem ser pessimista .
eu preciso de alguém pra dar um cheiro no pescoço e chamar de "meu".
e todos nós estamos com problemas, eu sei.
todos, todos.
mas não se arranhe quando seu namorado terminar com você.

2 comentários:

© 2014 Conspiração Vital - Todos os Direitos Reservados | Design por Ceres Bifano, Diagramação por  Matheus Pacheco.