20/11/2009

Conspiração: a vida é cheia delas.

Definição de um tipo normal e corriqueiro de Conspiração a seguir:
São duas coisas cruciais pra mim: ficar satisfeita comigo e com as pessoas, e, principalmente, parar de chorar toda vez que eu lembro que o tempo tá passando rápido demais.
Quando chega a sexta, tipo hoje, parece que todos os outros dias foram o mesmo. Tirando Sábado e Domingo.
Eu estou tentando fazer tudo que está ao meu alcance.
Estão sendo dias maravilhosos.
Tipo sábado, que o Fábio, o gatasso (há) de Lavras, apareceu aqui, e a gente saiu com a Fêer, e eu bebi, e fiquei louca; mas isso não vem ao caso. Pô, não vem mesmo.
Hoje, dentro do ônibus, quando eu tava voltando do shopping (eu vi New Moon, há!), eu pensei em tanta coisa... no Berto, na Mari, na Mônica (sim, na Mônica. Noite passada nossas almas se encontraram em outra dimenção, se é que alguém além da gente acredita nisso) e num tanto de gente.
Quer saber? É tanta coisa que vai mudar em MUITO MENOS DE UM MÊS, que mesmo aceitando muito a situação toda, bate um desesperozinho básico quando eu lembro.
Mas ah! Não há muito o que se fazer agora. Tô deixando as coisas fluirem da melhor maneira possível.
Tenho muita coisa pra ficar pensando. E não consigo escrever mais.
Pensem comigo: o pior que pode acontecer é que o mundo acabe em 2012.

Um comentário:

  1. o mundo não vai acabar em 2012, apenas vai começar uma nova era desconhecida para os maias .. o mundo corre risco de acabar só em 2036, pois tem um lindo e absoluto meteoro vindo em nossas direções, caso ele colida com nosso precário 'mundinho' azul e verde ( que está mais pra marrom e cinza ) será minutos de angustia e caos *-*

    ResponderExcluir

© 2014 Conspiração Vital - Todos os Direitos Reservados | Design por Ceres Bifano, Diagramação por  Matheus Pacheco.