12/12/2009

Carta Masoquista

Demorei, mas consegui classificar meu sentimento em relação à minha ida: estágio 1:negação. Estágio 2: aceitação. Estágio 3: negação. E o atual, estágio 4: aceitação.

Mesmo que as entrelinhas sejam só nossas e que ninguém mais entenda, esse é o seu "texto particular"; só seu. Já era hora de ser direta o bastante.

Quero que você saiba que, hoje, eu estou muito feliz de ir embora, muito feliz mesmo.
Talvez você nunca tenha parado para pensar, mas, e se eu não fosse embora?
Independente de saber o que você pensa, já tenho minha hipótese.

Se eu ficasse aqui, você faria o mesmo que fez nesses dois anos:nada. Mesmo se eu quisesse, mais do que nunca o que eu sempre quis, não ia fazer muita diferença, nem perguntas necessárias me "salvariam".
Eu choraria mais dois, dez anos, o resto da minha vida.
Pensaria em você antes de dormir, colocaria frases no seu clone imaginário, que fica comigo enquanto eu fico sozinha, por conta de pensamentos. Você nunca adivinharia o que eu quero dizer, e eu desejaria que você não me procurasse mais. Tiraria fotos, faria vontades, só pra me distrair. Só para, numa tentativa frustrada, esquecer você por 4 meses e 5 dias, pelo menos.

Nunca fui tão masoquista. Nunca me senti com tanta razão.

Como iria imaginar que, ir embora faria você, por uma eternidade limitada, de certa forma, ser meu? Como iria prever que só assim, meus "sonhos secretos" iriam se realizar?
Como?

Que bom mesmo que eu vou.

p.s.: Eu, quando escrevi isso, madrugando, não passou pela minha cabeça dobrar o papel em 6 e guardar numa meia.
O máximo que fiz foi segurar, até que eu pudesse te contar isso.

2 comentários:

  1. Obrigada pela visitinha amr, mto fofs seu blog tbm *-*, sério.
    Gostei dos seus textos, vou ter seguir tbm :)
    E os marcadores, é fácil, nas postagem lá em baixo você escolhe e bota ué.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  2. Blog muito otimo *-* rs
    Adoro ler suas entrelinhas :9
    <3

    ResponderExcluir

© 2014 Conspiração Vital - Todos os Direitos Reservados | Design por Ceres Bifano, Diagramação por  Matheus Pacheco.