17/07/2010

Nós, para nós


Eu estava muito, mas muito ansiosa. Sentada à cama, eu colocava as mãos sobre minhas pernas, trêmulas, e cantarolava uma música qualquer, pra ver se me acalmava.
Era difícil acreditar na possibilidade de vê-lo de novo. Melhor do que vê-lo, seria fugir. Fugir para ele, fugir com ele.

Eram seis da manhã, o sol pairava baixinho, iluminando as poucas coisas que eu queria ver pela ultima vez.

A casa toda dormia. A mochila, cheia, estava jogada num canto. Eu a olhava, e me dava uma sensação inexplicável.

A cada dois minutos me levantava da cama, e, inquieta, olhava pela janela de novo, para ver se ele havia chegado. As àrvores, os pássaros, tudo parecia mais bonito, vistos da minha janela. E ele, nada.

Pela sexta vez, me sentara na cama novamente. Meu coração palpitava. Ouvi, baixinho, um ronco de um motor. Era a única coisa que eu conseguia (e queria) ouvir. Uma moto.

Voltei correndo para a janela, e lá ele estava. Não podia me conter, de tanta felicidade! Ele sorria pra mim, cúmplice, ao mesmo tempo que também mostrava nervosismo. Eu corri para dentro do quarto, peguei a mochila e joguei pela janela. Logo depois, saltei.

Montei, atrás dele, naquela moto preta, relusente, e o abracei forte. Sua jaqueta de couro esquentava, de forma especial, meu peito. Ele alisou com uma das mãos a minha que o estava apertando.

Ele deu a partida, eu sentia o coração dele pulsar nas minhas mãos. Ele também sentia o meu, em suas costas. Fomos estrada afora, felizes.Eu, fugindo para ele, e ele, para mim. Fugindo, nós, para nós.

Pauta para o Projeto How Deal

8 comentários:

  1. Lindo!
    Fugir com o AMOR de sua vida não tem preço.
    kkkk'

    ResponderExcluir
  2. Lindo, lindo, lindo ceres *-* Já comecei gostando de sua nova imagem de titulo, um sonhador e yoko, haha. É um convite para ler *-* Seu blog é perfeito, parabéns.

    ResponderExcluir
  3. ps: eu pego um layout que já existe e edito ele, troco o fundo, troco o titulo, o tipo da letra, e assim vai *-*

    ResponderExcluir
  4. nós, para nós. um reconhecimento inexplicavel.

    ResponderExcluir
  5. Como já era de se esperar: perfeição

    ResponderExcluir
  6. Muito bonito o texto, boa sorte com a pauta ;D

    ResponderExcluir
  7. Lindo blog, e texto perfeito! Amei. Parabéns (:

    ResponderExcluir
  8. Palavras tão simples, tão expressivas, se encaixando de uma maneira bastante digna. Gostei do texto, parabéns.

    ResponderExcluir

© 2014 Conspiração Vital - Todos os Direitos Reservados | Design por Ceres Bifano, Diagramação por  Matheus Pacheco.