30/04/2011

Sete meses



Eu te vi deitado na minha cama. Cobertor tampando até a boca, de bruços, com os braços debaixo do travesseiro; exatamente como eu estaria caso estivesse no seu lugar. Passei na porta do quarto uma, duas vezes, só para observar.

Eu sentia uma ansiedade doida de correr, deitar em cima de você, e ficar lá, quietinha, sentindo seu calorzinho matinal de sábado. Mas não. Fiquei me corroendo, devagarinho, e você na sua pose pornográfica, sem mexer um músculo, me extasiando. Até que, segurando a barra do meu short de pijama, eu resolvi chegar perto; afinal de contas, ninguém me dissera que não podia.

Sentei na beirada da cama, bem pertinho, sentindo o que podia daquela distância infinita. Fui me inclinando para perto do seu rosto. Parei no meio do caminho. Recuei. Sua boca estava coberta, oras. Continuei naquela tortura de te olhar dormindo, que aliás, é uma delícia. Novamente me inclinei para perto. E mais. E mais. Sentia sua respiração no meu rosto. Me aproximei mais.

Passei o nariz, devagarzinho, na sua bochecha. Ia e voltava com o rosto, arrepiando, sentindo, derretendo por dentro. Você se mexeu um pouco, encolhendo mais ainda, com os olhos fechados. Eu sorria de tal maneira, que aquilo parecia fazer parte do meu rosto, como se ele estivesse sempre ali.

E você não tem ideia de como faz isso bem. Essa coisa de me fazer feliz.

Parece que você via aquilo tudo mesmo de olhos fechados; porque sua boca, agora à vista, também sorria para mim. Passei o braço por cima de você, deitei a cabeça nas suas costas. Num átimo levantei, beijei seu rosto, bem devagar; sentindo, derretendo... tudo de novo.

E você me fazendo feliz, como sempre fez. Como sempre irá fazer. À sete meses atrás, daqui a sete meses, sete anos; assim eu penso. Quero você feliz, me fazendo feliz, assim eu sonho. Satisfeita, levantei-me da cama, saltitante. Olhei para trás e você dormia, na pose pornográfica de sempre.

10 comentários:

  1. AHH que texto lindo.
    Que seja eterno enquanto dure.
    *_* \o

    ResponderExcluir
  2. Anhiii que texto perfeito, concerteza nem fugiu á regra de tudo que você escreve! Felicidades eternas a vocês!

    ResponderExcluir
  3. Adorei,
    Muito lindo mesmo.
    Tem um toque de mágica, como se esse momento fosse eterno, como se ele passasse na minha cabeça como filme em preto e branco.
    Lindo mesmo.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  4. Muito bom mesmo, vc escrevendo muito bem e sabe se expressar... Parabéns
    Entra no meu blog, deve gostar tbm XD
    www.sentimentsilent.blogspot.com
    Me segue que te sigo ^^
    OBG

    ResponderExcluir
  5. Nossa, eu derreti junto contigo!
    Essa sensação é muito boa, incrível como a gente pode ficar feliz só de ver alguém que a gente ama, mesmo que ele (ou ela) esteja dormindo.

    Lindo, lindo, lindo... Tocou lá no fundo do âmago (:

    beijo.

    ResponderExcluir
  6. Que coisa linda! Espero que dure muito, pois o que nos faz feliz PRECISA durar. Você escreve muito bem, parabéns!

    ResponderExcluir
  7. Assim é o amor: não se vê maldade nas coisas mais maldosas. Parabéns pela pureza, pelas delicias, pelos dias, pela felicidade. É seu, você merece.

    ResponderExcluir
  8. Aaah *-* Que lindo esse texto! Todos esses sentimentos e palavras num momento que poderia parecer tão simples! Você o escreveu como se durasse para sempre, cada palavra sensação e pensamento... :3 Amei! Seguindo!

    ResponderExcluir
  9. Lindo, lindo, lindo! Não há nada mais fabuloso no mundo do que amar e ser amado, viver ao lado de uma pessoa que te ama as melhores emoções que existem! Carregado de emoção, seu texto se superou, volta triunfal! Amei <3

    Beijo, Cé ;*

    ResponderExcluir
  10. aaaiinnn que coisa bonita :333
    então, eu estou visitando os blogs que sigo pra divulgar também o meu novo blog de resenhas: http://verboresenhar.blogspot.com/ e dizer que atualizei o meu atual ^^ http://bruna-morgan.blogspot.com
    falando nisso, tem uma parte no meu novo blog sobre e-books independentes, e já que você escreve, seria legal dar uma olhadinha lá :3

    ResponderExcluir

© 2014 Conspiração Vital - Todos os Direitos Reservados | Design por Ceres Bifano, Diagramação por  Matheus Pacheco.