03/06/2013

30 dias apaixonada


pela saudade que (não) tenho
pela saudade que tenho,
tentei poetizar
uns versinhos fazer
que vou rimar com escrever
pela saudade que tenho,
quis fazer umas linhas tortas
e não muito jeitosas
pela saudade que tenho,
que tenho tanto,
e sinto tanto tanto tanto
que ela se torna um manto
é a saudade que tenho,
de um rapaz
que entre alguns quilometros de distancia
e segundos de aproximação virtual
fez-me ser
num dia três
alguém
com um vazio a menos
e a saudade
é sempre sentida
mesmo não sendo vivida.
então vira a saudade
que na verdade
ou na realidade
eu não tenho
e o que eu sei
é que quero
muito muito muito
dizer que abracei

Um comentário:

© 2014 Conspiração Vital - Todos os Direitos Reservados | Design por Ceres Bifano, Diagramação por  Matheus Pacheco.