21/06/2013

Sobre as Luzes


Se você tem o livre arbítrio de estar onde quer, escolha não estar no meu coração. Escolha não fazer parte de todas as minhas vontades, escolha que eu não te queira ainda mais. Por favor, se você não quer estar comigo, escolha estar longe dos meus sonhos, das minhas palavras. Não esteja mais em cada texto meu, não esteja aqui, ardendo no meu peito.

Meu amor, não me deixe pensar em você assim: perto de mim, comigo. Tenha controle sobre sua própria alma, sobre o quanto eu penso em você! Sou fraca, sou suja. Não faço questão de lutar contra o que eu sinto. Então se você tem o livre arbítrio de estar onde quer, vá embora.

E não se preocupe, o que você iluminou em mim continuará. Mesmo se você for, ainda terei o desejo de cintilar feito estrela no céu da sua boca e deixar que você veja por baixo da minha roupa o quanto eu brilho por você.

Na verdade, queria fundir as minhas luzes nas suas. Como a chama de duas velas, seríamos um só.

Meu bem, se ainda escolhe fazer meu coração acelerar e uma luz me invadir de dentro pra fora, fica. Brilha comigo. Deixe que essa luz que emana de você seja minha também.

2 comentários:

© 2014 Conspiração Vital - Todos os Direitos Reservados | Design por Ceres Bifano, Diagramação por  Matheus Pacheco.